JOSEFA PEREIRA

GLIMPSE / Bestiário PINK
20 – 31 Jul

No contexto da investigação de Bestiário PINK, nesta residência Josefa Pereira debruça-se sobre a sua mais recente criação “Glimpse” [2020], para esmiuçar o desenvolvimento de algumas práticas corporais em torno das ideias de pulso e horizontalidade/tombar.

“Bestiário PINK” é um projecto trilogia que pretende habitar enquanto força performativa tudo aquilo que, ao ser separado ou dividido por uma linha, é reconhecido como o outro, ou o desconhecido. Através de um movimento contínuo e intermitente em 3 actos, busca habitar o corte como forma de tencionar dualismos estanques, criando uma zona fricção onde cada cisão poderá ser subvertida como potência de multiplicação e de multiplicidade.

Investigando torção, inversão, deformação, possessão e borda, cada peça desta trilogia debruça-se sobre cada uma das 3 divisões feitas pela anatomia clássica ocidental, em que o corpo humano pode ser dividido ao meio: 1. plano coronal – Hidebehind [2018]; 2. plano sagital – Glimpse [2020]; e 3. plano transversal – porvir [ainda sem título].